A empresa Balas de banana Antonina virou um símbolo do litoral paranaense desde a sua fundação em 1979 e é reconhecida pela sua qualidade e tradição. Hoje a fábrica conta com 15 empregos diretos e 30 indiretos e produz uma média mensal de 12 a 15 toneladas de balas por mês. Hoje, as vendas se concentram no Paraná e estão em expansão.

Associada do InPAR através do Sincabima desde 2017, a indústria possui uma parceria com a coleta seletiva e com catadores municipais para o descarte de embalagens. Porém, os principais resíduos descartados são as cascas de banana, a principal matéria prima do produto. Elas são levadas para as fazendas da região e utilizadas como alimento para o gado. Segundo a sócia da empresa, Rafaela Takasaki, o descarte de resíduos é muito importante para a empresa.

“Temos muita preocupação com questões relacionadas à sustentabilidade. Desde o início da atuação do InPAR buscamos atender à legislação que envolve a logística reversa, oferecer suporte aos catadores e trabalhar na conscientização do público final em relação ao assunto. Nos próximos anos, também queremos buscar um selo de qualidade que certifique esse nosso trabalho”, afirma ela.