O Moinho Anaconda foi fundado em 1951 com a aquisição da Anaconda em São Paulo e em 1957 a empresa adquiriu o Moinho Anaconda Curitiba. As duas fábricas são responsáveis por fabricar mais de quarenta tipos de farinha de trigo, misturas para pães e bolos, além de germen de Trigo e Farelo de trigo, tanto para uso humano quanto para ração animal. Seus produtos são vendidos para indústrias, food service, atacadista, varejistas e uso doméstico em nove estados do Brasil. Apenas o moinho em Curitiba processa 900 toneladas de grãos por dia e gera 250 empregos diretos e 700 empregos indiretos.

A filiação ao InPAR se deu através do Sinditrigo, uma das entidades fundadoras do Instituto. “Nosso objetivo com a filiação é contribuir para reduzir os impactos ambientais e para a geração de empregos. A preocupação com a sustentabilidade e a responsabilidade social são pilares da cultura do Moinho Anaconda”, afirma o diretor da unidade de Curitiba, Paulo Albuquerque. A empresa realiza a logística reversa com BIG-BAG, Paletts PBR e Pallets Pláticos.