No dia 28, a diretoria do InPAR, composta pelos representantes dos sindicatos fundadores, se reuniu para debater algumas mudanças estatutárias e pontos que trataram de uma governança mais simplificada. O grupo também definiu as datas para a realização de uma Assembleia sobre a definição de questões estatutárias e para a eleição da nova diretoria do InPAR.

A equipe técnica do InPAR também realizou a prestação de contas e apresentou uma previsão do orçamento para 2020. Também foi ressaltada a importância do InPAR participar do processo de regulamentação da Lei que institui o Selo de Logística Reversa no Paraná e que reconhecerá as indústrias com iniciativas adequadas de descarte de resíduos.

No dia 17, o Comitê Técnico do InPAR também realizou sua primeira reunião com uma nova formação, agora composto exclusivamente por técnicos das indústrias associadas. No encontro foram debatidos temas diversos ligados aos projetos da entidade e novidades relacionadas ao mercado.

Os presentes também falaram sobre ações que devem ser realizadas em breve como o projeto da panificação (que deve colocar uma ilustração de conscientização sobre o correto descarte de embalagens em sacos de pães), sobre a concessão de equipamentos para associações de catadores e o projeto Sustentabilidade à bordo que visa trabalhar a coleta de resíduos no litoral.