Instituto vai realizar projetos educativos com o Colégio Sesi, em Curitiba

O InPAR formalizou uma parceria com o Colégio Sesi para a realização de projetos educativos, em reunião realizada no dia 15 de março. Inicialmente, será desenvolvida uma Oficina de Aprendizagem, metodologia que leva o professor a atuar como mediador do conhecimento e coloca o aluno como protagonista do processo, com a proposta de promover a educação participativa.

A previsão é que a oficina seja realizada no segundo trimestre, em uma unidade do Colégio Sesi, em Curitiba, com alunos de 14 a 17 anos. A partir do terceiro trimestre, o curso deverá compor o portfólio da rede, para ser oferecida em todo o estado.

Segundo a gerente de Educação Básica e Continuada do Sesi no Paraná, Lilian Luitz, o conteúdo e as atividades serão desenvolvidas pela equipe do colégio, envolvendo professores e profissionais de acompanhamento pedagógico, em conjunto com especialistas do InPAR.

“As Oficinas de Aprendizagem partem de uma questão inteligente e desafiadora, proposta às 15 disciplinas ministradas no colégio, que vão se mobilizar e colaborar para responde-la. A partir disso é desenvolvido todo um plano de ação e,muitas vezes, a resposta é um envolvimento com a comunidade, entre outros desdobramentos. Pode até ser criada uma oficina contínua, de excelência”, explica a gerente.

O projeto vai ser conduzido e acompanhado pelo membro do Comitê Técnico do InPAR, Elcio Herbst,que é administrador de empresas, especializado em Gerenciamento Ambiental na Indústria (Senai e UFPR), mestre em Meio Ambiente Urbano e Industrial pela UFPR, Senai e Universidade de Stuttgart. “A ideia é desenvolvermos uma proposta que realmente envolva os alunos, com ações práticas e desafios. Pretendemos realizar visitas técnicas e apresentar cases também”, propõe.

O especialista tem experiência na área de gerenciamento integrado de resíduos, aplicação de diagnóstico ambiental, programas de sustentabilidade, elaboração e implementação de planos de logística reversa. Atualmente, desenvolve trabalhos na área de Assessoria Técnica e Tecnológica no Instituto Senai e de Tecnologia em Meio Ambiente e Química.

Oficinas de Aprendizagem – A metodologia desenvolvida pela educadora Márcia Rigon foi colocada em prática pela primeira vez ainda na década de 1990 em sua cidade natal, Monte Negro, no Rio Grande do Sul. Mas desde 2005, quando foi fundado o Colégio Sesi, as Oficinas de Aprendizagem são uma exclusividade da rede. Hoje, o Colégio Sesi é a maior rede de Ensino Médio Particular do Paraná, com 55 unidades espalhadas em 46 cidades do estado e mais de 13 mil alunos. Desde 2014, oferece a opção internacional, com ensino bilíngue nas unidades em Curitiba, Ponta Grossa, Londrina, Maringá e Cascavel. Saiba mais detalhes em: www.colegiosesi.com.br.