No último dia 14 de agosto, o Instituto esteve representado na Assembleia Geral da Coalizão Embalagens. Entre os temas discutidos no encontro estava a implementação da Fase 2 do Acordo Setorial de Embalagens em Geral, que ainda não foi aprovada pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA). A Fase 1 foi entregue e aprovada no início de 2018. O grupo também debateu o planejamento de Recuperação de Embalagens e Investimentos em 2019 pelos integrantes da Coalizão e aprovou a logo da Coalizão.

O InPAR esteve presente no encontro, a fim de reiterar o apoio à logística reversa e ao trabalho desenvolvido pelo grupo, que consolida a importância da logística reversa em todo o país. O grupo reúne esforços para cumprir o acordo setorial de embalagens em geral, congregando 19 associações brasileiras representantes do setor empresarial, fabricantes/importadores de embalagens, fabricantes/importadores de produtos comercializados em embalagens, comércio varejista e atacadista.

“Temos que pensar em modelos de negócios para estimular esse mercado, buscando isenções fiscais e políticas públicas para que o empresário invista na logística reversa. É muito importante ter um compromisso empresarial acerca do tema e buscar articulações políticas em torno da Coalizão”, afirma Rommel Barion, presidente do InPAR.