A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), instituída pela Lei Federal nº 12.305/2010, conceituou a logística reversa como um “instrumento de desenvolvimento econômico e social caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada”.
Não. A logística reversa trata dos resíduos sólidos gerados pelos consumidores de seus produtos, não dos resíduos sólidos gerados dentro da fábrica.
Embalagens em Geral.
Documento sem título